Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pacotinhos de Noção

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

Pacotinhos de Noção

07
Dez21

Fazia na boa


Pacotinhos de Noção

png_20211207_024103_0000.png

Qual é na realidade a dificuldade de se ser advogado? Ir para a frente de um juiz e defender ou acusar um tipo qualquer. Gritar protesto e ouvir o que os outros têm a dizer e depois fazer perguntas.

 Podia fazer perfeitamente, fartei-me de ver filmes do Perry Mason.

E o trabalho de um taxista?

Ficar de rabo alapado o dia todo, em carros que agora até têm ar condicionado, a ouvir rádio e a levar pessoas de um ponto ao outro... Fazia na boa e até melhor que eles, que conduzem mal como o caraças.

E ser cozinheiro?

Ali refundido na cozinha, à volta de coisinhas boas para comer e ainda por cima são pagos. Por isso é que os cozinheiros são todos gordos, comem muito e fazem pouco.

Ainda por cima a papinha agora vem toda feita porque já dá para comprar batatas descascadas e mil e uma coisas pré-preparadas.

O trabalho de sapateiro é outra brincadeira.

Engraxar uns sapatos, vender umas palmilhas e meter 3 ou 4 pregos nas solas de um qualquer calçado. E depois ainda cobram um dinheirão. Uma gatunagem. São eles e as costureiras, que passam o dia sentadas à máquina, a brincar com trapos para depois pedirem uma batelada de dinheiro, quando aquilo é só meter na máquina. Ainda por cima costurar é terapêutico.

Podia aqui dar mil e um exemplos de formas de tentar minimizar o trabalho de cada um, e porquê? Porque é aquilo a que cada vez mais tenho assistido. Pessoas que não têm nenhum pudor em, na frente de uma pessoa que desempenha a sua função, afirmar que aquilo que o outro faz não é assim tão importante. Não têm a coragem de o dizer com todos os pontos nos i's, preferem dar aquela pequena alfinetada como só os velhacos conseguem dar, como, por exemplo dizer à senhora da caixa do supermercado que "no fim do dia, ai sentada só a passar compras, o melhor é ir a um ginásio porque uma pessoa mexer-se tão pouco, até lhe pode fazer mal".

Todos nós já tivemos um destes pensamentos uma vez ou outra e até posso aqui deixar um erro comum, como é o caso dos nadadores-salvadores, que passam ali, o dia todo na praia a apanhar banhos de sol e a dar mergulhos no mar. Será que é mesmo isto tudo e é possível que os nadadores-salvadores possam ir à água quando querem? Passar 8 horas a trabalhar na torreira do sol, será mesmo tão agradável? E a responsabilidade, não conta?

Todos os trabalhos têm o seu quê que faz com que não seja assim tão positivo, mas para a grande generalidade das pessoas o único trabalho mau é o seu e todos os outros seriam feitos com uma perna atrás das costas.

Egoísmo e desrespeito são características que definem bem estas pessoas, mas que não as completam. Ignorantes, desinformados e com pouca capacidade de raciocínio também fazem parte deste "pout-pourri" de estupidez que não lhes permite colocarem-se no lugar dos outros.

Volto a repetir que não existem profissões fáceis, e se por acaso alguém estiver a pensar em mencionar a profissão de "influencer" como sendo, digo-vos desde já que lamento, mas estão redondamente enganados... "influencer" não é profissão. Para se exercer uma qualquer profissão é necessário conseguir raciocinar, nem que seja o básico, e como todos sabem, os "influencers"...

Em relação à minha profissão posso dizer que não trocava com nenhuma outra. Não é porque goste muito, na verdade nem gosto nada, mas como gosto tão pouco de trabalhar o melhor é ficar com esta, não vá calhar-me outra ainda pior. Podia era ir para "influencer".

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub