Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pacotinhos de Noção

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

Pacotinhos de Noção

24
Fev21

Precisamos de um Rambo para a bazuca


Pacotinhos de Noção

601px-RamboIIRPG7-4.jpg

ATENÇÃO! ATENÇÃO! BANDEIRAS AO ALTO QUE VEM AI A BAZUCA DA EUROPA.

É agora que vamos todos sair da cepa torta. Acabou aquela miserabilidade de andar a contar os tostões para a água, a luz e o gás. Com tanto dinheiro até vou pôr lâmpadas de 200w na casa toda e nem as apago...

E os negócios que neste tempo todo não facturaram? Pois que não se preocupem. Levam agora com um tiro da bazuca e fica tudo resolvido.

Pois é, seria bom mas afinal não é. A bazuca vem ai mas não temos um herói justo e digno como o Rambo ou o Comando do Schwarzenegger. Temos antes um Capone ou um Gotti que faz constantes jogos de charme com os tubarões da europa, afim de aumentar a bala da bazuca, mas nunca pensando em como pode beneficiar o povo, que foi o mais fustigado, mas sim com o intuito de engordar os cofres do Estado para depois ir distribundo milhões a seu bel-prazer, construindo novas estradas, cuja construções são sempre adjudicadas a amigos de primos ou sobrinhos (os grupos Lena desta vida), ou para fazer a renovação dos computadores dos serviços do Estado, que depois vão ter grandes máquinas computacionais, mas que em frente ao ecrã continuam a ter a D.Alzira que tem formação de dactilografa, e que com ela o sistema vai sempre abaixo. Falando em computadores vão também aproveitar para "oferecer" aos miúdos os computadores que eles precisavam agora, para terem as aulas em casa. Vão ser os Magalhães 2. Talvez o nome destes agora sejam os computadores "Alves dos Reis", também ele um descobridor, mas este descobria a melhor forma de burlar. Julgo bem adequado.

Vai-se apostar também em aumentar o número de funcionários públicos, e talvez construir ou remodelar um ou outro hospital. Nada contra esta parte, mas isto seriam coisas que o Estado já tinha a obrigação de fazer, viesse bazuca ou não, houvesse pandemia ou não.

Para as tais empresas que, com tanto tempo fechadas ficaram no vermelho... Perdão, vermelho não na verdade ficaram foi roxas, de tão sufocadas estão, com moratórias, layoff e empréstimos para pagar. Para estas, a solução que a bazuca da Europa trouxe foi... mais um bocadinho de suspense... FOI... MAIS EMPRÉSTIMOS.

Contentinhos?

A conclusão a que se chega é que o dinheiro da bazuca da europa é como aquele dinheiro que é dado aos miúdos, pelo aniversário, mas que depois acabam por serem os pais a gastar, porque afinal de contas precisam mais do que o puto, e eles até o sustentam.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub