Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pacotinhos de Noção

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

Pacotinhos de Noção

18
Dez21

Vamos branquear esta situação?


Pacotinhos de Noção

IMG_20211218_185656_841.jpg

IMG_20211218_185656_855.jpg

Há uns tempos Joacine Katar Moreira criticou um cartaz do Bloco de Esquerda porque utilizava a frase "Razões fortes, compromissos claros", o que, segundo a medíocre deputada, revela que a dicotomia claro/escuro tem que mudar, pois o claro não pode ser sempre positivo e o escuro negativo. É por isso que neste título o branquear existe. Quis mostrar à senhora que tem a mania da perseguição, que o branquear também pode ser utilizado de forma negativa quando se refere a uma comunicação social, deputados de uma assembleia e a grande generalidade da população que, tendo conhecimento de uma deputada que se refere a alguém que a criticou como "grande filho da puta", branqueia a situação a ponto de nem se ouvir falar nela.

Esta categoria de ofensa no cidadão comum é por si só uma clara revelação do quão desprezível é a índole de quem a profere, numa deputada da nação, ainda que eleita por clara ignorância dos votantes, que sabendo o que sabem hoje prefeririam votar num cepo, é motivo para no mínimo uma chamada de atenção e, quem sabe, até expulsão. Bem sei que estamos a pouquíssimo tempo de nos vermos livres deste lixo preconceituoso e com ideias e ideais pré-concebidos e despropositados, mas ficaria como exemplo para que outros deputados não se lembrem de ter o mesmo tipo de reacção.

Um deputado tem que se consciencializar de que sendo uma figura pública, e que trabalha, supostamente, para a generalidade dos cidadãos, irá ter sempre quem goste e quem não goste e quem critique justa ou injustamente. Se quiser reagir poderá até fazê-lo, mas não desta forma, como se fosse um qualquer jagunço que assiste a uma partida de futebol.

Gostaria apenas de pedir que tenham atenção à imagem. A pessoa apenas fez uma análise à péssima prestação de Joacine Katar Moreira como deputada, e não mentiu.

Já eu aproveito, e não conhecendo a senhora de parte alguma, e juntado-me a esta crítica de péssimo trabalho, gostaria também de referir que pessoalmente a mesma demonstra ser alguém mesquinho, de baixo carácter e sem valores. Não os tem, e os valores que vai defendendo são apenas aqueles que julga que lhe renderão uma melhor aceitação junto de quem lhe interessará, mas é bom que tenha consciência que muito provavelmente quem lhe interessará não verá em Joacine Katar Moreira qualquer interesse.

Analisando a nobre resposta da ex-menina bonita do Livre, vemos que depois da ofensa acrescenta um (Nada contra as manas). Aqui ela ofende várias pessoas de uma só vez.

Ofende o tipo a quem chamou "grande filho da puta", ofende a mãe do tipo, pois o apelido foi-lhe direccionado, e ofende as "manas" porque só pelo facto de venderem o corpo não significa que tenham que ficar ligadas fraternalmente a uma tipa que não bate bem da bola. O facto pode até afugentar clientela.

Mais tarde a "senhora" ainda se vangloriou de que o tipo não lhe deu mais resposta, que não aguentou os 10 minutos de fama que ela lhe proporcionou. Este é um argumento de uma miúda ridícula, numa qualquer rede social, não de uma deputada de 39 anos, com aparência de 50 e alma de 80.

Mas eu vejo aqui duas hipóteses para justificar a retirada do rapaz. Das duas uma, ou teve vergonha de desperdiçar recursos linguísticos com alguém tão ordinário, ou a deputada, que daqui a uns dias vai levar um pontapé no rabo, tem montada uma falange de apoio de gente tão estúpida quanto ela, que hão de ter feito um tal cerco ao homem que ele decidiu desaparecer... As máfias, por mais ranhosas que sejam, funcionam assim. Já o temos visto com os chalupas negacionistas, por exemplo.

Faço agora umas menções a alguns órgãos de comunicação social, como o Rádio Observador, a Sic Noticias, o Camilo Lourenço, a CMTV, a CNN e o Público, para fazer uma pergunta muito simples...

Se em vez de ter sido a Joacine Katar Moreira a ter este tipo de atitude, fosse o André Ventura, o Rui Rio, o Francisco Rodrigues dos Santos ou o João Cotrim Figueiredo, quanto mato jornalístico iria arder só para queimar um destes nomes? Sei que ainda estamos num Governo de esquerda, e que eles gostam de manipular a comunicação como se fossem mestres de marionetas, mas não vos caberia fazer a vossa parte? Fica a pergunta, responda quem deve.

20
Set21

Ah "ganda" macaco!!


Pacotinhos de Noção

duartelima23462af7f_base.jpg

Este calvo e simpático senhor é Duarte Lima. Grande parte saberá de quem se trata mas para os desinformados faço um pequeno resumo.

É um bandido.

Faço esta afirmação com convicção porque de momento o ex-político até se encontra detido por burla qualificada e branqueamento de capitais.

Escrevi ex-político mas não o deveria ter feito. A política é como a sarna, mete-se na pele e para que saia é um sarilho.

Definir o currículo de Duarte Lima como sendo só bandido é redutor, e até injusto.

Nascido em Miranda do Douro só pode ser boa pessoa. É comum dizer-se o quão boas são as pessoas de Trás-os-Montes e Duarte Lima não há-de ser excepção. É isso e ser desprendido, uma vez que sendo um de nove irmãos, a partilha há-de ter sido valor forte que tem presente até hoje.

Foi deputado da Assembleia da República e Presidente do Grupo Parlamentar do PSD, tacho... perdão, cargo que perdeu quando foi alvo de suspeitas de ocultação de património, tendo colocado grande parte daquilo que era seu em nome de uma sobrinha com poucas posses.

Um pequeno erro que certamente não se tornaria a repetir.

Estava a brincar. Viria a repetir-se e até pior. Duarte Lima é suspeito de ter assassinado uma sua cliente no Brasil, que terá feito uma transferência no valor de 5,2 milhões de euros para a conta do advogado, com o intuito de que os seus filhos não lhos tomassem.

E não tomaram. Tomou antes o carequinha português, alegadamente. O que não é alegadamente é a velhota ter sido morta a tiro.

Duarte Lima fugiu para Portugal e houve depois todo um bailado de processos, trânsitos em julgado, decisões e indecisões.

Esta introdução toda para quê? Para uma pergunta muito simples.

QUANTOS, daqueles 230 deputados ( não interessa de que partido) têm comportamentos hediondos e criminais como os de Duarte Lima, mas que passarão por entre os pingos da chuva e nunca serão criminalizados?

Haverá ainda alguém que defenda que Portugal é um país de políticos sérios, e onde não existe corrupção, como se ouvia à boca pequena nos finais da década de 80, princípios de 90.

Era uma daquelas mentiras que se tornaram numa quase verdade absoluta, para a população desinformada.

Era a treta de não haver corrupção e a de termos das melhores polícias judiciárias da Europa.

Até acredito que a maior parte dos deputados da Assembleia sejam homens com uma seriedade aceitável, mas tenho a certeza que não seria preciso escarafunchar muito para encontrar mais uns 3 ou 4 Duarte's Lima, talvez até com currículos criminais mais extensos do que o dele. Bem escondidos, mas mais extensos.

Gostaria de referir que Duarte Lima continua a receber uma subvenção vitalícia de 2200 euros por mês, o que a mim me parece escandaloso. Qualquer político que seja condenado por um crime deveria perder todas as benesses que aufere, como resultado de cargos políticos que tenha ocupado e que usou para assim obter os seus intentos criminosos.

Finalmente veio a decisão de que o advogado vai ser julgado em solo português.

Parece não ser a hipóteseque mais lhe convém, mas o que é verdade é que já numa primeira instância os tribunais portugueses, mesmo confirmando que houve a transferência dos cerca de 5 milhões para Duarte Lima, disseram não ser possível afirmar que o ex-deputado tenha assim cometido o crime de abuso de confiança.

Pouca fé vou tendo na justiça portuguesa, principalmente quando quem está no banco dos réus é um político, mas será que vai haver coragem para condenar o homem por este crime, que até aconteceu do outro lado do oceano, como se isso retirasse gravidade ao acto?

Haverá quem diga que condenarão, se for caso disso, uma vez que ele agora até está preso. Mas está preso a cumprir uma pena de 3 anos e meio, que é apenas uma fracção da pena total deste crime pelo qual foi punido.

Os políticos portugueses fazem-me lembrar os antigos filmes do faroeste, em que mesmo havendo um Xerife, quem mandava na cidade eram os bandidos.

Todas as semanas vão saindo notícias de erros judiciários ou condenações que não aconteceram, e nalgumas até dá para ficarmos incrédulos.

Ou foi porque a prova não serviu de prova porque foi entregue tarde demais, ou porque a escuta não foi autorizada por um juiz, ou porque os prazos do julgamento não foram cumpridos.

Sinto cada vez mais que vivemos numa república das bananas mas em que nem os macacos conseguimos ser. Os macacos são eles, e os bananas somos nós, que somos devorados, sem nada podermos fazer.

07
Set21

"Oh comadre, parece que ele gosta de homens"


Pacotinhos de Noção

791503.png

Paulo Rangel gosta de homens.

Quando digo que gosta de homens não me estou a referir a Homens com H maiúsculo, como se à Humanidade me estivesse a referir. Falo no sentido sentimental e sexual.

Uma vergonha, digo eu.

Um homem a sério não gosta de homens. Um homem a sério faz como o José Maria Carrilho, por exemplo, que gostava de dar umas lambadas na Bárbara Guimarães. Tinha aspecto afeminado mas era todo valente e ainda por cima cheio de cultura.

Paulo Rangel gosta de homens e há vídeos dele bêbedo numa madrugada, nas ruas de Bruxelas.

Paulo Rangel gosta de homens, há vídeos dele bêbedo numa madrugada, nas ruas de Bruxelas e teve a audácia de emagrecer... Deve ser doença.

Paulo Rangel gosta de homens, há vídeos dele bêbedo numa madrugada, nas ruas de Bruxelas, emagreceu porque deve estar doente, não gosta de vídeos com gatinhos e uma vez respondeu mal à sua mãe. Isto é só para que saibam como este menino tem o diabo no corpo.

É impressão minha ou Paulo Rangel foi escolhido para saco de pancada, mas os tipos que lhe estão a tentar bater parece que o estão a fazer vendados e não acertam uma. O Paulo Rangel neste momento é uma pinhata em que não acertam nunca.

Quem, no seu juízo perfeito, pode criticar o eurodeputado porque se soube que ele é homossexual. A resposta por ele dada é aquela que, na minha opinião, vale 100 pontos. Nunca escondeu, e a quem lhe interessava que soubesse ele contou.

Estamos em 2021. Há uns tipos que estão a ver se conseguem ir fazer turismo à lua, foi inventada uma vacina num curto espaço de tempo, há já carros que estacionam sozinhos e ainda se perde tempo a discutir a sexualidade de alguém.

Grave não é isto, grave é a perseguição de que Rangel está a ser alvo de forma descarada. O vídeo que surgiu dele bêbedo, depois de um jantar com amigos e que tem já uns anos é mais uma tentativa de descredibilizar o homem. Aproveito para dizer que quando o vi ali a cambalear, todo bêbedo, até ganhou a minha simpatia pelo andar bonacheirão e por não se mostrar como sendo daqueles bêbedos agressivos, a quem não se pode dirigir a palavra. E eu nem suporto bêbedos.

Porque razão é que só agora foi o vídeo divulgado? Serão lutas políticas de boca de esgoto, que têm como protagonistas pessoas que utilizam de todos os estratagemas para tentar manchar a imagem dos adversários? E atenção que adversários não são obrigatoriamente de outra cor partidária. Muitas das vezes isto é utilizado dentro dos próprios partidos, porque antes das lutas externas há lutas internas para marcar posições, escolher lideranças, ocuparem-se lugares.

Paulo Rangel saiu na rifa não se sabe ainda muito bem porquê, mas mais tarde ou mais cedo a neblina dissipa-se e ficaremos a perceber um pouco mais.

Como a coisa não correu como o esperado, José Magalhães, um daqueles deputados que já o são desde sempre e que dificilmente o deixarão de ser porque muito embora se queixem que os deputados ganham mal depois vai-se a ver e têm milhões em propriedades, arte e contas na Suíça, mandou uma "laracha" para o ar de que talvez se viesse a saber também nomes de casas sadomasoquistas de Bruxelas... Porquê o interesse do senhor? Gostaria de frequentar?

A única gravidade que vejo nisto tudo são as insinuações, a pequenez de quem faz "política" na penumbra da maledicência.

Grave grave é termos, por exemplo, uma Ministra da Presidência que nunca trabalhou na área para o qual estudou. De facto nem nunca trabalhou, pois mal acabou o seu curso conseguiu logo uma nomeação directa e depois outra e mais outra, até chegar a número 2 do nosso Governo. E é a isto que estamos entregues, a gente dos "jobs for the boys" que agora são "jobs for the people" por causa da igualdade de géneros.

Ao Paulo Rangel... Que seja muito feliz, da maneira que entender, se assim lho permitirem.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub