Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pacotinhos de Noção

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

Pacotinhos de Noção

10
Ago21

Uat a fack!!


Pacotinhos de Noção

doc2021080834103982ac080821-8-scaled.jpg

Picharam o Padrão dos Descobrimentos.

Sempre quis escrever isto e nunca tinha tido a oportunidade. Não a parte do Padrão, mas a parte do "picharam", que sendo uma palavra portuguesa, e muito mais interessante do que "graffitaram", não é usada porque parece que se está a escrever alguma coisa de mal.

Quem escreveu alguma coisa de mal foram os idiotas revoltadinhos da treta, que foram na onda da moda que é a de renegar a história, desrespeitando aquilo pelo que passámos e dando azo para que não se respeite o que o futuro trará. E devo dizer que provavelmente não traz nada de bom, se tivermos em consideração o tipo de gentalha que começa a estruturar a nossa sociedade e que são pessoas hipócritas e falsas moralistas.

Não querendo apontar o dedo mas já apontando, todos têm a clara noção de que quem pichou o Padrão dos Descobrimentos foram os "charrados" que se dizem de esquerda mas que na realidade não são de esquerda, direita, centro ou o raio que os parta. São os tipos que habitualmente são vazios de conteúdo e que fazem lutas por dá cá aquela palha, para assim conseguirem ter um qualquer objectivo de vida, além do de beberem umas imperiais, fumar umas cenas ilícitas e tentarem esquecer o quão tristes são.

Acho piada que renegam a história do próprio pais, que não é de todo linda, pois houve muita morte, muito massacre, muito desrespeito por vidas e territórios que não eram os seus, mas os tempos eram outros. Vivia-se numa época de conquistas e de demonstrações de quem era o mais forte e cada país fez a sua vergonha, mas depois dão como exemplo de sociedades evoluídas países como a Dinamarca, Islândia, Noruega, Holanda, que têm também um passado bastante marcado pela violência, pilhagens e escravatura. Afinal de contas as origens destes países estão nos bárbaros dos vikings, que espalharam o terror durante muito tempo. E que dizer dos mouros, a quem eles tanto admiram a cultura apenas porque são a quem compram as shishas e as pedras que fazem rir. Tentaram várias vezes serem os donos disto tudo, mas felizmente não conseguiram porque o lugar já estava ocupado pelo Ricardo Salgado.

Repare-se que Portugal deu início à escravatura mas nunca esteve a ponto de exterminar qualquer um dos povos com quem teve contacto, como esteve prestes a acontecer com os índios norte americanos, que foram colonizados também por europeus.

No meio disto tudo acabo por ficar envergonhado, ainda por cima envergonhado perante o Mundo.

A frase foi escrita em inglês para que assim pudesse ter uma expansão planetária, mas fizeram-no com erros ortográficos e desta forma o Mundo pensará que somos ignorantes.... Para limpar o nosso bom nome sugiro que agora vão até ao Mosteiro dos Jerónimos e escrevam:

"We don't sames portugueses. we are estrangeires and not sabeimes write very well inglês."

Assim pode ser que no resto do mundo pensem que foram uns estrangeiros badalhocos que vieram cá de férias e que se lembraram de ser vândalos. Um pouco como os putos portugueses que vão de férias para Ibiza e Palma de Maiorca e se comportam como animais.

Constato também que os indivíduos têm uma caligrafia bem bonita e que o Padrão dos Descobrimentos não tem nem videovigilância nem um segurança nocturno, o que também me parece uma completa despreocupação, no que à salvaguarda dos monumentos diz respeito.

Meus caros, em inglês perfeito me despeço. "A big abrace for all, and have a nice dei with very sol and pouco wind."

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub