Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pacotinhos de Noção

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

A noção devia ser como o açúcar e vir em pacotinhos, para todos tomarmos um pouco...

Pacotinhos de Noção

25
Jan23

Vergonhoso de várias maneiras


Pacotinhos de Noção

Vergonhoso.jpg

Já todos têm conhecimento desta notícia, de uma mãe, de 67 anos, e do seu filho, de 41, que moram há 4 semanas na praia, após terem sido despejados da sua casa.

Este assunto é como um mil-folhas, com várias camadas e níveis de vergonhoso.

É vergonhoso, que seja negado a alguém aquilo que é um direito fundamental da constituição, o direito à habitação. É vergonhoso que as várias instituições empurrem com a barriga a resolução deste caso, como se não estivessem duas vidas em jogo, porque de facto estão. Aparecer um maluco, capaz de tudo, que queira roubar o pouco que eles têm, não é uma probabilidade descabida. Uma pneumonia numa senhora com mais de 60 anos, numa altura de temperaturas baixas como agora, é uma probabilidade ainda menos descabida.

É também vergonhoso que a reforma desta senhora seja cerca de 300€, o que não lhe permite arrendar uma casa, e sim, estamos a falar de uma senhora de idade, que não terá na casa dos pais uma hipótese. Acho que é importante referir isso, quando vemos tantos quarentões, justificarem que moram em casa dos pais porque os preços das rendas estão proibitivos, o que é um facto, mas que ainda assim não serve de justificação a tipos quarentões que nem trabalho têm ou procuram, e que se penduram no pescoço dos pais, neste caso da mãe. Exacto, refiro-me a este filho, que à partida não sofre de nenhum mal de saúde, e tiro esta ilação precisamente porque nada em contrário foi referido na peça jornalística, mas que mesmo assim não procura trabalho, para fazer frente a esta situação agreste, pela qual passa, e vê a mãe passar. Ainda para mais não podemos dizer que é daquelas pessoas que nem sabem conjugar um verbo, porque quem tiver visto a peça, concordará comigo que já viram pessoas com discursos menos fluentes, em alguns reality shows, e às vezes até na política... Mas não falemos do Tino de Rans.

Consigo perceber que isto não é uma situação completamente clara, porque segundo informações divulgadas pelas notícias, estas pessoas recusaram ir para um abrigo, que, na minha opinião, será melhor do que morar numa tenda na praia, mas ainda assim, numa altura em que tantas lutas se faz, pelos direitos de tudo e mais alguma coisa (algumas imensamente válidas, outras nem por isso), causa arrepios imaginar que a autarquia, julgo que de Matosinhos, ou até mesmo o Estado, não tenham uma casa que possam, de imediato, tratando mais tarde das burocracias, atribuir a estas pessoas.

Ainda bem que vivemos sob o jugo de um Governo de esquerda, e socialista, para que estas coisas não tenham espaço para acontecer, embora aconteçam, o que mais uma vez, é VERGONHOSO.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D